EM COLINAS

Polícia Civil prende homem investigado por abusar sexualmente da própria sobrinha

21/05/22 08:41:28 | Atualizado em: 21/05/22 08:41:28

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) prendeu, nesta sexta-feira, 20, um homem de 23 anos. Investigado por ter estuprado a própria sobrinha, que hoje tem 15 anos, desde quando a adolescente tinha apenas seis anos. O indivíduo foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, quando estava em sua residência, localizada no setor São João, em Colinas do Tocantins.

A ação foi coordenada pelo delegado Joelberth Nunes de Carvalho e contou com apoio de policiais civis da 4ª Delegacia Regional de Guaraí, de agentes da 3ª DRPC de Colinas e também de policiais militares da Agência Local de Inteligência.

De acordo com a autoridade policial, no último mês de março, o Conselho Tutelar da Cidade de Presidente Kennedy recebeu denúncia e enviou ao Delegado de Polícia da cidade informando o caso. Diante dos fatos, de imediato a autoridade policial registrou boletim de ocorrência e deu início às investigações.

“O auxílio de umas das professoras da adolescente foi de extrema importância, uma vez que a docente conquistou a confiança da adolescente, que então passou a narrar todos os abusos que havia sofrido”, informou o delegado.

Investigações e prisão

Segundo as investigações, os estupros começaram quando a adolescente tinha seis anos de idade e residia na cidade de Colinas. “O suspeito era morador da cidade de Colinas, é irmão da mãe da vítima e muito amigo do cunhado, pai da adolescente”, disse o delegado.

Após intenso trabalho de monitoramento por parte dos policiais da 3ª DRPC, com o apoio da Agência Local de Inteligência, os policiais civis obtiveram informações de que o autor estaria hoje na cidade de Colinas, pois é vaqueiro e durante a semana se encontra na zona rural.

Desse modo, o indivíduo foi preso e conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Colinas. Após a realização das providências legais cabíveis, o indivíduo foi levado para a Central de Atendimento da PC, em Guaraí e, posteriormente, recolhido à Cadeia Pública Local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Ainda de acordo com o delegado, há suspeitas de que o indivíduo também vem estuprando mais duas sobrinhas na cidade de Colinas, fatos esses quês serão devidamente investigados pela Polícia Civil.

O delegado Joelberth destaca que a prisão do investigado reitera o comprometimento da Polícia Civil com a investigação criminal e o combate aos crimes praticados contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes.

“A Polícia Civil do Tocantins tem agido com muito rigor no sentido de coibir e erradicar os crimes de estupro, sobretudo, de vulneráveis, pois trata-se de um delito hediondo de extrema gravidade e que ainda vem ocorrendo no Estado. Por isso, as ações da PC-TO não param, exemplo disso foi a prisão realizada hoje, e que traz mais alívio a vítima e maior sensação de segurança”, disse o delegado.