Publicidade
Publicidade
Publicidade

SEMINÁRIO NACIONAL

Seciju apresenta casos de sucesso sobre educação e trabalho da pessoa privada de liberdade

23/07/21 08:08:15 | Atualizado em: 23/07/21 08:08:15

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), que administra o Sistema Penal tocantinense, participou na tarde desta quinta-feira, 22, do V Seminário sobre Gestão, Fomento e Boas Práticas na oferta de trabalho à pessoa privada de liberdade promovido pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), apresentando casos de sucesso relacionados à utilização da mão de obra prisional.

O secretário da Seciju, Heber Fidelis, abriu o evento agradecendo ao Depen pelo reconhecimento e pelo convite em dar visibilidade a nível nacional aos casos de sucesso do Tocantins. “É prazeroso fazer parte deste evento e poder mostrar a trajetória do Sistema Penal no eixo da oferta de educação e trabalho aos presos. Assumimos a gestão com o desafio de renascer o Sistema que estava muito aquém do que é hoje, com histórico de fugas, inseguro e sem promover a execução da pena com foco na reinserção social. Diante disso “viramos a chave”, empoderamos nossos servidores a se incumbirem da missão de transformar o Sistema Penal e ser referência nacional, e hoje estamos aqui apresentando nossos resultados para todos os Estados Brasileiros e instituições governamentais”, destacou o gestor.

Avanços Sistema Penal

A apresentação seguiu com o superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Orleanes Alves, pontuando sobre a reestruturação do Sistema Penal do Tocantins e as boas práticas desenvolvidas. “O desafio passado pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, ao nosso secretário Heber Fidelis era o de reorganizar a “casa” em todos os aspectos, iniciamos pela estrutura física que é sem dúvida a melhor ferramenta de intervenção de segurança, na sequência investimos em educação, capacitação e profissionalização da pessoa privada de liberdade, o que possibilitou a ocupação por eles de vagas de trabalho dentro do ambiente prisional e também externamente. Temos a certeza que estamos deixando um legado com o empenho diário de todos os policiais penais, servidores e parceiros para a segurança, a execução da pena e a sociedade”, enfatizou o superintendente.

Trabalho e Renda para os presos

Em continuação a pauta de trabalho para pessoas privadas de liberdade, a gerente de Reintegração Social, Trabalho e Renda ao Preso da Seciju, Renata Keli Duarte, deu continuidade apresentando um vídeo de um egresso do Sistema Penal que agradeceu por estar exercendo a função de serralheiro, montador de estrutura metálica na Unidade Penal de Palmas, onde já cumpriu pena e agora é contratado pela empresa New Life que presta serviço de assistência na Unidade Penal de Palmas e na unidade de tratamento Barra da Grota.

A gerente destacou que a educação e o trabalho estão interligados e além de tirar o preso do ócio, contribuem para a não reincidência. “Somos entusiastas nesse caminho que estamos percorrendo com fortalecimento e ampliação da profissionalização no Sistema Penal tocantinense e acreditamos que a integração entre estados, gestores, equipes e parceiros é essencial na concretização das políticas públicas voltadas às pessoas privadas de liberdade. Estamos preocupados com a devolutiva social do preso e só conseguimos isso com o fortalecimento das pactuações que possibilitam a oferta de educação e trabalho”, frisou.

O evento contou também com participação da empresa New Life que, por meio do coordenador Alexandre da Silva, que explicou sobre as assistências prestadas na Unidade Penal de Palmas e na Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em apoio ao Sispen, reforçando o compromisso com a ressocialização, respeito e dignidade da pessoa em privação de liberdade posto em prática pelo Sistema Penal.