Publicidade
Publicidade
Publicidade

COVID-19

Rússia afirma que fornecimento de vacina ao Brasil deve começar em novembro

11/09/20 09:33:29 | Atualizado em: 11/09/20 09:33:29

O RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto) e a Secretaria de Saúde da Bahia firmaram acordo para colaborar na distribuição no Brasil de 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra o coronavírus. Segundo comunicado enviado à imprensa, o fornecimento de vacinas ao Brasil está previsto para começar em novembro de 2020, sujeito à aprovação regulatória do governo brasileiro, que levará em consideração os resultados de um estudo de vacinação pós-registro —que está sendo feito com 40 mil pessoas em território russo.

Segundo o fundo, o acordo prevê ainda a distribuição, no futuro, da vacina em todo o território brasileiro. Além da Bahia, a empresa está em negociação com o Paraná. Um acordo com o México já foi firmado e pretende fornecer 32 milhões de doses (equivalente a 25% da população) da vacina russa. O embarque de vacinas para o México está previsto para começar em novembro também, sujeito à aprovação das agências reguladoras do governo mexicano.