Publicidade
Publicidade
Publicidade

TEM QUE ACATAR ORDENS JUDICIAIS

Após intimação de presidente do Facebook no Brasil, perfis são bloqueados

02/08/20 07:32:32 | Atualizado em: 02/08/20 07:32:32

Por meio de nota, o Facebook anunciou neste sábado (01) que acatou a ordem judicial, do ministro Alexandre de Moraes, e bloqueou as contas no exterior de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, Entretanto informou que vai recorrer no Supremo Tribunal Federal (STF).

A empresa classificou a atitude do ministro do Supremo como extrema e afirmou que representa uma ameaça a liberdade de expressão. “A mais recente ordem judicial é extrema, representando riscos à liberdade de expressão fora da jurisdição brasileira e em conflito com leis e jurisdições ao redor do mundo. Devido à ameaça de responsabilização criminal de um funcionário do Facebook Brasil, não tivemos alternativa a não ser cumprir com a ordem de bloqueio global das contas enquanto recorremos ao STF”.

Moraes havia determinado a intimação do presidente do Facebook no Brasil, Conrado Leister e o pagamento imediato de R$ 1,9 milhão pelo descumprimento da decisão, além do aumento do valor da multa diária pelo descumprimento de R$ 20 mil para R$ 100 mil, por cada um dos perfis.

Determinação de Moraes ocorreu após, pela manhã, a rede social afirmar que iria recorrer da ordem do ministro no STF e manteria as contas localizadas em outros países.