Publicidade

POLICIA MILITAR DO TOCANTINS

Aplicativo que dá acesso imediato a dados de veículos roubados e mandados de prisão

27/05/20 20:32:11 | Atualizado em: 27/05/20 20:32:11

A Polícia Militar do Tocantins foi selecionada para testar uma nova ferramenta digital que visa agilizar o trabalho dos agentes de segurança que fazem abordagens e fiscalizações no Estado. É o aplicativo “Sinesp Agente de Campo”, uma ferramenta digital desenvolvida pelo Ministério da Justiça que permite o acesso imediato a mandados de prisão e busca nacional de veículos roubados, entre outras operações cotidianas da polícia.
A ferramenta ainda está em fase de teste nos Estados do Tocantins, Pará e Acre e a previsão é que após este período, que segue até junho, o aplicativo passe a funcionar em todo o país.
No dia-a-dia os policiais militares do Tocantins poderão fazer pesquisa de boletins de ocorrência, terão acesso a mandados de prisão e consulta de veículos dentre outras funcionalidades. No caso dos veículos, o policial poderá fazer consulta detalhada por dados como nome do proprietário, placa e chassi. Dados pessoais também terão o mesmo nível de detalhamento, assim como a consulta a boletins de ocorrência.
O aplicativo será utilizado através de smartphones, por cinquenta (50) policiais militares em campo. A rede de informações será utilizada apenas para consultas, já que os dados são incluídos e alterados pelo próprio Ministério da Justiça, a partir de informações originárias dos boletins de ocorrência que os estados da federação encaminham.
O sargento Eder Murussi Leite, é um dos 50 policiais militares que estão testando o aplicativo “Sinesp Agente de Campo”, para ele a ferramenta facilitará o trabalho do policial que está na ponta, aumentando a eficiência numa abordagem, “É um aplicativo de fácil utilização, que contém informações provenientes de vários bancos de dados e que é leve, respondendo rapidamente as consultas, que antes para se conseguir, teríamos que acessar outros dois ou três sistemas para conseguir as mesmas informações”.
Para o Tenente Coronel Moisés Mecena, chefe da Assessoria Técnica de Informática e Telecomunicações da PM (ATIT), é uma grande satisfação a PM ter sido escolhida para testar este aplicativo, “O Sisnep Agente de Campo tem grandes funcionalidades que podem ajudar muito o serviço operacional melhorando o tempo de resposta da polícia e a expectativa é a expansão do aplicativo a toda a tropa”. Disse.
O aplicativo faz parte de um grande projeto, chamado de Sinesp Big Data, que tem investimentos maciços voltados à integração e à análise de grandes volumes de dados na segurança pública de todo o país. Desde o ano passado, o Big Data Inteligência Artificial tem sido constantemente fortalecido com novas soluções e recursos de tecnologias, sem nenhum custo para os estados