Publicidade

#saúdebeleza

Por Cirurgião Plástico Ícaro Samuel

Coluna

04/07/17 09:53 | Atualizado em: 04/07/17 09:53

OPINIÃO

Ninfoplastia a beleza íntima






A ninfoplastia é uma cirurgia plástica que tem por objetivo diminuir os pequenos lábios vaginais, um protetor natural da vagina. Dois motivos levam as mulheres a se submeterem ao procedimento, incômodo estético ou a dor durante a relação sexual. É bom lembrar que quando indicada, a cirurgia íntima feminina também pode alterar o tamanho e formato dos grandes lábios.



As mulheres têm buscado estar cada vez mais de bem com o próprio corpo. Por isso acredito que a ninfoplastia vem crescendo consideravelmente. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, só no Brasil, houve aumento de 50% em apenas dois anos.



Para realização da cirurgia íntima a paciente é submetida à anestesia local e sedação, são feitas cortes verticais finos nos lados de cada lábio vaginal, para retirar o excesso de tecido. Os pontos não precisam ser retirados, pois o organismo absorve. O procedimento é realizado por volta de 40 minutos e a paciente pode retornar para casa após seis horas.



No pós-operatório podem ocorrer inchaço e roxidão, que desaparecem em duas semanas. Para o sucesso do resultado devem ser evitadas as relações sexuais por no mínimo 21 dias e o retorno ao trabalho pode ser feito após duas semanas.



A escolha do profissional que vai realizar a cirurgia é sempre muito importante. No caso da ninfoplastia, a redução exagerada dos pequenos lábios pode gerar ressecamento, principalmente depois da menopausa, época em que a lubrificação vaginal fica menos eficaz.



Gratidão pela leitura

Dr. ICARO SAMUEL

CIRURGIÃO PLÁSTICO

08/05/17 09:02 | Atualizado em: 08/05/17 09:02

BELEZA

Olhar rejuvenescido e vida mais feliz






Ter um olhar disposto, alegre e altivo é vontade de muitas pessoas. Quando os anos de vida batem na porta, a região dos olhos é sempre impactada, ou pelas famosas rugas, flacidez ou pelas bolsas de gordura, por isso o rejuvenescendo a região em torno dos olhos se torna um sonho para muitas mulheres e homens.



Na cirurgia plástica o procedimento que cuida de melhorar essa insatisfação do olhar é conhecido como blefaroplastia. O procedimento costuma ser procurado, na sua maioria, por pacientes com mais de 30 anos, e é sempre indicada para quem tem excesso de pele nas pálpebras.



Blefaroplastia retira o excesso de pele ou o acúmulo de gordura nas pálpebras, tanto superiores quanto inferiores. Geralmente, é realizada por pacientes que reclamam de uma aparência de cansaço, inchaço ou envelhecimento ao redor dos olhos.



Gosto de ressaltar que quando a cirurgia pede apenas a retirada das bolsas de gordura na pálpebra inferior, não há cicatriz visível. No caso de retirada de pele inferior, a cicatriz fica rente aos cílios. Na pálpebra superior, a cicatriz fica na dobra do olho. Após cinco a sete dias, a região já perde inchaço e é possível retirar os pontos. Em três semanas, o roxo desaparece.



Gosto sempre de falar do que é bom, mas como médico tenho a obrigação de fazer recomendações, no caso da blefaroplastia existem três possíveis complicações mais comuns quando o pós-operatório não é seguido à risca: prejuízos na cicatrização e sangramento e infecção locais. Em alguns casos, pode haver a formação de queloides na cicatriz, que independe da conduta do médico e do paciente.



Gratidão pela leitura

Dr. ICARO SAMUEL

CIRURGIÃO PLÁSTICO


29/03/17 09:07 | Atualizado em: 29/03/17 09:07

ESTÉTICA

Cirurgia pra reduzir as bochechas está conquistando as brasileiras





A Bichectomia é um procedimento cirúrgico para retirar a gordura excessiva das bochechas, apesar de esquisito, o termo, nada mais é que, uma reconhecida homenagem ao anatomista francês, Xavier Bichat. O primeiro profissional a descrever o nome anatômico da estrutura “Bola de Bichat” ou “Bichat Ball”.



O procedimento é a nova febre entre a mulherada, talvez porque muitas celebridades americanas que já se submeteram e ficaram ainda mais bonitas. Nos Estados Unidos, o procedimento já é famoso há anos, mas aqui no Brasil ainda é novidade apesar de já ter caindo no gosto da mulherada insatisfeita com as bochechas avantajadas.



Como médico e cirurgião plástico alerto para o cuidado na escolha do profissional, apesar de parecer simples, nenhuma intervenção cirúrgica é simples, todas merecem cautela, responsabilidade e muito conhecimento do profissional que está realizando.



A indicação ou não do procedimento depende de avaliação presencial do cirurgião plástico. E os riscos são os comuns a qualquer procedimento cirúrgico, sangramento, infecção, além dos relacionados às peculiaridades locais.



Fica a dica, capacitação e infra-estrutura envolvem custos, por isso desconfie de preços surpreendentemente baixos e de profissionais que não explicam todos os riscos.

Gratidão pela leitura

Dr. ICARO SAMUEL

CIRURGIÃO PLÁSTICO

08/03/17 09:36 | Atualizado em: 08/03/17 09:36

CIRURGIA PLÁSTICA

Mulher a mola mestra da cirurgia plástica





A ousadia, coragem, vontade de sentir-se melhor, de estar mais bonita ou dar a volta por cima são comportamentos femininos que fomentam a ciência e a cirurgia plástica desde sempre, a apresentar novidades ao mundo. As mulheres além de serem realmente seres mais especiais por nos colocar no mundo, gerar luz e vida, ainda são na minha singela opinião propulsoras da inovação e das melhorias em quase todos os campos da ciência.



A invenção da máquina de lavar, que revolucionou o mundo doméstico, nasceu em 1874, William Blackstone construiu de presente de aniversário para a sua mulher, esse que tinha uma alma sensível, e foi levado a inovação por incentivo de uma mulher, não imaginava que sua atitude nobre beneficiaria qualquer ser vivente, homens e mulheres.



E a cirurgia plástica? A Cirurgia Plástica só se inovou, só chegou aonde chegou graças ao desejo de mudança para melhor das mulheres. Antes era só reparadora, mas depois que as mulheres descobriram que podiam ser mais belas e felizes, ou seja, mais de bem com a vida pelas mãos de um profissional da medicina, a especialidade Cirurgia Plástica com foco na estética ganhou força, rompeu preconceitos. Graças as mulheres!



Segundo relatório elaborado em 2013 pela International Society of Aesthetic Plastic Surgery, o Brasil ocupa posição de destaque no levantamento, como o país que mais realizou procedimentos cirúrgicos, ficando a frente até dos EUA, nesses números as mulheres representam 87,2% das pessoas que ousaram e fizeram cirurgia plástica.



Afinal ser mulher é ter coragem, é fazer a roda da ciência girar, ser mulher é não se contentar com o estático, é contagiar as pessoas para um mundo melhor e mais belo!



Obrigada mulheres! Parabéns! Sou médico e busco ser um cirurgião plástico melhor a cada dia por vocês seres especiais! 8 de março Dia da Mulher!



Gratidão pela leitura

Dr. ICARO SAMUEL

CIRURGIÃO PLÁSTICO

06/02/17 09:24 | Atualizado em: 06/02/17 09:14

ABDOMINOPLASTIA

Abdominoplastia é a saída para eliminar a barriguinha flácida indesejada






Oscilações significativas no peso, gravidez, envelhecimento, hereditariedade são alguns dos fatores que contribuem para que ao longo da vida nós tenhamos a famosa e incomoda barriguinha.



A verdade é que ninguém deseja tê-la, mas como resistir à gostosa cervejinha? A alegria da maternidade? Os pesinhos a mais? Outra é muito difícil evitar a flacidez natural que os anos nos proporcionam.



Para devolver a autoestima de mulheres e homens que malham, malham, malham e não conseguem eliminá-la, a cirurgia plástica é a solução, a abdominoplastia, remove o excesso de gordura e de pele e, na maioria dos casos, restaura os músculos enfraquecidos ou separados, criando um perfil abdominal mais suave e tonificado.



Exercício físico e alimentação balanceada são fundamentais em qualquer tratamento relacionado à perda de peso gosto sempre de ressaltar. Mas existem alguns casos que exercício físico e controle de peso não são suficientes, para eliminar excesso de pele no abdômen, e são esses casos que submetemos a famosa abdominoplastia.



Vale reforçar que abdominoplastia não é voltada para o emagrecimento, pois não substitui a prática de atividades físicas, muito menos a dieta balanceada. Hoje a maioria das pacientes acham que é só submeter a esse procedimento que ficarão e serão magros para o resto da vida, um engano, por isso a alerta.



Ter um abdômen liso e tonificado é o sonho da maioria dos brasileiros. Só lembrando que como todo procedimento cirúrgico, a abdominoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal, cada ser humano é único.



O resultado final pode ser visto de 12 a 18 meses, e o pós cirúrgico dita limitações que devem ser seguidas, como: não molhar o curativo, não fazer esforços, não dirigir, proibido comer alimentos que geram gases, ter cuidado com a postura, andar curvada e com pressa compromete a recuperação.



Gratidão pela leitura

Dr. ICARO SAMUEL

CIRURGIÃO PLÁSTICO

12/12/16 14:26 | Atualizado em: 12/12/16 14:26

CIRURGIA PLÁSTICA

Ter seio bonito e firme é sonho de quase toda mulher









Seios naturais ou modeladamente avantajados com a ajuda do silicone são sem sombra de dúvida, os atores principais quando o assunto é autoestima feminina. Eles também são os responsáveis por muitos homens quebrarem o pescoço para dar uma olhadinha de leve, e ainda, importantíssimos canais na manutenção da vida com a amamentação.

Ter seio bonito e firme é o sonho de quase toda mulher, que na maioria das vezes nunca está satisfeita com a forma ou tamanho que tem. A mamoplastia é atualmente uma das técnicas recordistas no mundo da cirurgia plástica.

Há a mamoplastia redutora que visa reduzir o tamanho e o volume das mamas, a mamoplastia de aumento que utiliza implante de silicone para aumentar o volume mamário e a mastopexia que levanta as mamas e retira o excesso de pele sem mudar o volume. A mamoplastia de aumento é a campeã.

As cirurgias relacionadas à mama foram à segunda, mais realizadas no Brasil, ficando pouco atrás do número deste mesmo tipo nos Estados Unidos. Cerca de 226.090 pessoas aumentaram a mama no Brasil, nos EUA um pouco mais, 313.703. Já o levantamento de mama vem logo atrás com 139.835 no Brasil e 108.002 nos EUA. Esses dados são de 2014 e foram divulgados pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps).

Cabe a nós cirurgiões ter ética, conhecimento e responsabilidade para fazer a mulherada mais feliz e realizada.

 Homens

E os homens porque gostam tanto de seios grandes? Essa é uma pergunta que martela a ciência há anos. São várias teses. De acordo com estudos publicados por dois neurologistas estrangeiros, Larry Young e Brian Alexander, essa predileção masculinas por seios, e por seios grandes pode ter explicação lá na primeira infância, pois o hormônio “oxitocina” liberado durante a amamentação seria o grande responsável por essa espécie de “tara”, pois os bebês são estimulados a sentir prazer nesses momentos, o que reforça a ligação da criança com os seios.

Existem pesquisas que apontam uma explicação mais cultural. Há alguns séculos, os homens escolhiam suas esposas também pelo tamanho dos seios, aquelas que tivessem seios grandes não teriam dificuldades de amamentar a prole. Como podem ver as teorias são variadas.

 Histórias a parte, os números provam que no Brasil os seios são de fato uma paixão nacional tanto feminina pela autoestima, como masculina pelo prazer e crenças. Mas como cirurgião plástico, devo compartilhar com vocês que a insatisfação com o seio causa inibição social, há mulheres que não vestem biquíni, um vestido ou até roupas comuns em função do descontentamento, isso também influencia na esfera sexual, causando insegurança a mulherada, por isso mamoplastia surge como um procedimento curativo.

 Ótima leitura!



Dr. Ícaro Samuel


Cirurgião Plástico

RQE: 1611      

09/11/16 11:14 | Atualizado em: 09/11/16 11:14

ESTÉTICA

Cirurgia plástica e a beleza masculina



Nos últimos anos, o número de cirurgias estéticas em homens cresceu, segundo os dados mais recentes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. A verdade é que os homens também querem ficar bonitos e com uma aparência melhor, mas vale dizer que não suportam sentir dor, não querem ser expostos e, sobretudo, não querem marcas que denunciem que se renderam ao bisturi.



 Os tempos modernos trouxeram também aos homens a liberdade de assumir que são vaidosos, que podem estar de bem com a sua imagem e claro de poder admitir sua vaidade e suas fragilidades. Percebemos que o que era negado aos homens por questão de preconceito hoje é um direito conquistado, e eles estão ingressando na corrida pelo rejuvenescimento. No mundo atual não cabe mais preconceitos nem machismo quando o assunto é beleza. A onda é ser feliz e estar feliz com o próprio corpo. Para isso é imprescindível cuidados, busca por informações e profissionais competentes.



O cirurgião plástico é um dos profissionais médicos que tem entrado na lista de procura dos homens. Hoje eles fazem botox, preenchimento, lipoaspiração, entre outros procedimentos. Mesmo sem poder afirmar cientificamente sobre a hierarquia de motivos que levam os homens à cirurgia, suspeita-se que a necessidade de parecerem mais jovens, somado ao desejo de melhorar na carreira sejam as razões principais da procura. O homem tem vaidade sim. Quando compra um carro novo é vaidade, quando quer subir de cargo na empresa, também é vaidade e agora quando melhora a aparência rede-se definitivamente a vaidade sem culpa.



Como médico lembro que deve caber nesse pacote de vaidades masculinas o cuidado, prevenção e a atenção a saúde. Solidarizo-me e sou entusiasta da campanha de conscientização "Novembro Azul", pois ainda precisamos conscientizar muitos homens da necessidade de se cuidar, se valorizar, se gostar e para isso é preciso estar sempre atendo e disposto a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de qualquer doença em especial do câncer de próstata.



Não deixe para depois um exame e uma consulta que poderá ser feita hoje! Procure seu médico! Cuide-se!

Dr. Ícaro Samuel

Cirurgião Plástico

RQE:1611

CRM: 3697

      

19/10/16 16:32 | Atualizado em: 19/10/16 16:32

CIRURGIA PLÁSTICA

Evolução da cirurgia plástica resgatou maior símbolo de feminilidade










A cirurgia plástica tem o seu lugar e sua importância quando o assunto é devolver a saúde e a alto estima para milhares de pacientes que se submeteram a retirada total da mama após câncer de mama. A mastectomia foi uma técnica preconizada por Halsted em 1894, demorou anos para pacientes terem de volta novas mamas e alegria de viver.

Foi em 1895 que Tanzini propôs a reconstrução, mas não havia técnica adequada e aprovada. Houve nesse meio tempo muitos estudos e estudiosos interessados em contribuir com o assunto, mas só a partir de 1978, com a evolução do capítulo de retalhos músculos-cutâneos na cirurgia plástica, as reconstruções se tornaram possíveis, com técnicas mais elaboradas, utilizando músculo e pele das costas e mais as próteses.



A maravilhosa evolução da cirurgia plástica foi sine qua non para o resgate do nosso maior símbolo de feminilidade: a mama. Muitos cirurgiães plásticos têm feito excelentes reconstituições, e o resultado é que a maioria das pacientes, vão para casa com seios mais bonitos do que antes, o olhar estético, associado às técnicas avançadas e a valorização da simetria de cada mulher, alcança resultados fabulosos.



A reconstrução mamária junto com a mastectomia é tendência atual no Brasil. Fazer as duas cirurgias na mesma ocasião, retirada da mama afetada pelo câncer e a reconstrução, diminui o número de mulheres mutiladas. Os números mostram que se a reparação não for feita no momento da mastectomia, mais de 60% das mulheres não voltam para fazer a reconstrução, já que o procedimento envolve nova internação e ficar longe da família.



No Brasil, existe a lei 12.802/2013, que obriga o Sus a fazer a cirurgia plástica reparadora da mama logo após a retirada do câncer, claro se a paciente tiver condições clínicas, mas na prática há locais em que a lei não é cumprida. As mulheres são abandonadas! Fico triste!



Levantamentos de 2012 do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que foram feitas 1.394 cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com investimento superior a R$ 1 bilhão. O Inca estima ainda que cerca de, 52 mil mulheres sejam diagnosticadas com câncer de mama por ano no país, e destas 11 mil irão a óbito.



Por isso o “Outubro Rosa” tem o seu lugar de respeito como campanha que nos alerta sempre para o fato de que o diagnóstico precoce dos tumores de mama leve a cura das pacientes, e que essa paciente, pode ter pelas mãos do cirurgião plástico, a reconstituição de um pedaço do corpo que foi mutilado. Cabe então ao cirurgião plástico a tarefa de devolver a alegria para as mulheres curadas.



Sim ao diagnóstico precoce, sim a cirurgia plástica, vamos fazer parte dessa conscientização!

 

04/10/16 11:36 | Atualizado em: 04/10/16 11:36

Saúde

Escolher profissional habilitado reduz riscos em cirurgias plásticas


Toda cirurgia tem risco essa frase já é difundida pela classe médica há muitos anos. Não existe nenhuma garantia absoluta de que o resultado será exatamente o esperado. Mas a escolha de um profissional com especialidade devidamente registrada muitas vezes faz a diferença.

Para ser considerado especialista em cirurgia plástica, o profissional precisa passar pelo curso de medicina com seis anos de formação, depois pela residência em cirurgia geral, mais dois anos e depois pela especialização em cirurgia plástica que são de dois ou três anos. Depois de todo esse estudo, ou seja, 11 anos de estudo, o profissional ainda tem que ser aprovado em um exame específico para ser aceito na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Como podem ver o caminho de conhecimento é longo, e isso pode ser um dos fatores que minimizam riscos em cirurgias plásticas.

Essa não é uma opinião só minha todos os especialistas da área acreditam que a formação é a melhor maneira de escolher um cirurgião. Aqui deixo um questionamento. Você se imagina fazendo uma neurológica com um dermatologista? Acredito que ninguém imagina. E digo mais tem tudo para dar problema, cada médico tem sua área de atuação reconhecida pelas sociedades.

Ser positivo
O fator psicológico, as energias empregadas também influenciam na cirurgia como também no êxito e nos resultados esperados, pessoas que não tem certeza se querem fazer uma plástica, não devem fazer, pacientes que não estão preparadas psicologicamente para o período de recuperação não devem fazer, pessoas que não estão cientes dos riscos essa também não devem se submeter.

O pré-operatório deve ser todo cumprido a risca e o pós-operatório também, pois a cirurgia plástica precisa de pacientes paciente, tranqüilo, calmo, que respeita os prazos, que pensa positivo, que usa as medicações regularmente, que é feliz, que enfrenta as dores e os transtornos consciente e altivo, pensando vai melhorar é só uma fase, vai passar e eu ficarei melhor e mais bonita e bonito!

Se você esta consciente de tudo isso parabéns! Ótima cirurgia plástica! Vai dar certo!

Ícaro Samuel Pedroso de Oliveira
Cirurgião Plástico  

16/09/16 17:35 | Atualizado em: 16/09/16 17:04

Cirurgia plástica

Exposição nas redes sociais influenciam pessoas na busca por cirurgia plástica


Com a exposição da imagem pessoal cada vez mais frequente pelos diversos meios de comunicação, Facebook, Snapchat, Instagram, WhatsApp, entre outros, a cirurgia plástica representa, na atualidade, uma importantíssima ferramenta que leva ao bem estar social. Ela proporciona além de beleza, bem estar físico e mental, aumenta auto-estima , saúde , elegância e a melhora no desempenho profissional.

A busca constante por um corpo belo e harmônico através da cirurgia plástica não é novidade e continua numa crescente exponencial. Mas vale lembrar que a cirurgia plástica não faz por si só um milagre, afinal milagres não existem quando o assunto é bem estar físico. A plástica é uma ferramenta que contribui com a melhoria mais rápida no processo. É importantíssimo ressaltar que o resultado final com êxito de qualquer procedimento na cirurgia plástica depende tanto do paciente, como de um cirurgião plástico, capaz, habilidoso e responsável.

De posse dos celulares, e da internet, as pessoas ficaram ainda mais comunicativas e expostas, e esse é, quem sabe, um dos fatores para a procura cada vez mais acentuada de mulheres e homens por cirurgias plásticas, claro que o aumento da longevidade e a melhoria da condição sociocultural da população também influenciaram. Muitos tabus também foram vencidos.

A verdade é que, a maioria, das pessoas não quer viver mais como vieram ao mundo, todas elas carregam consigo uma insatisfação pessoal, elas querem melhorar, mudar, e isso é crucial na busca pela qualidade de vida. E isto na minha opinião não se discute. A imagem ruim de si mesmo adoece, pesquisam provam.

Outro motivo que tem levado cada vez mais os pacientes, a procurarem, o consultório do cirurgião plástico é a vida profissional. Com o crescimento econômico, aumento do desenvolvimento industrial, comercial e de serviços, o nível de exigência das empresas e dos consumidores tem aumento na mesma proporção. São frequentes grandes gestores ou profissionais liberais que lidam com grande público realizarem cirurgia plástica em busca da melhoria da imagem pessoal por motivo profissional.

Os caminhos que levam à procura da cirurgia plástica são os mais diversos possíveis. Mas é preciso lembrar que este não é um procedimento realizado por qualquer médico. É preciso procurar profissionais sérios associados à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Valeu pela leitura!

Site: www.dricarosamuel.com.br
Fanpage: Cirurgiao Plastico Dr. ICARO SAMUEL
Instagram: @dricarosamuel
Snap : 👻dricarosamuel









 

15/08/16 17:56 | Atualizado em: 15/08/16 17:56

SAÚDE E BELEZA

Médico cuidadoso e pacientes conscientes

Cirurgião ético, bom e responsável é aquele que expõem a verdade





Cirurgião ético, bom e responsável é aquele que expõem a verdade, leva em consideração as pré- disposições biológicas de cada paciente e não promete o impossível.

Lembro sempre aos meus pacientes e é lema na minha vida que procedimentos devem ser realizados em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, o local deve ser seguro e confortável para o médico e claro para seu paciente, com equipamentos necessários e equipe treinada.



Compete ao paciente se submeter à realização do pré-operatório completa, e de exames padrões. Mas, além disso, é fundamental para alcançar resultados positivos em qualquer procedimento pensar positivo, ser realista, ter uma alimentação saudável sempre, praticar exercícios físicos regularmente e a busca constante do amor próprio. Equilíbrio emocional é fundamental para uma vida feliz.



Interferência real

Quero aqui ressaltar que obesidade, sedentarismo, presença ou associação de duas ou mais doenças no mesmo paciente, uso de medicações ou substâncias que aumentariam o risco de eventos tromboembólicos, como anticoncepcional oral ou outros hormônios, e até mesmo o tabagismo interferem na realização e no sucesso da cirurgia.



O Brasil é um dos países que mais fazem cirurgias plásticas no mundo, segundo os dados mais recentes da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), mais de 2 milhões de procedimentos são feitos aqui anualmente, estamos atrás somente dos Estados Unidos, por isso minha preocupação em alertar as pessoas, sobre cuidados fundamentais e interferências reais.



Entre as intervenções, a lipoaspiração e o aumento das mamas aparecem como as cirurgias mais realizadas no país. Outra informação surpreendente, atualmente os homens são os que mais têm ajudado a aumentar os números, eles também realizam procedimentos com a intenção de corrigir algo que incomoda e assim melhorar a autoestima.



Mas sempre gosto de ser claro, por isso é ainda importante ressaltar que, apesar de a cirurgia plástica realmente ser fator importantíssimo na melhora da autoestima, objetivando atenuar desconfortos físicos, as expectativas podem ser frustrantes, caso a cirurgia seja indicada em casos de transtornos mascarados por queixas físicas.



Por isso antes de procurar um cirurgião plástico primeiro busque descobrir se o defeito que enxerga está na só na sua cabeça ou é real.

 

05/08/16 14:16 | Atualizado em: 05/08/16 14:16

QUEIMADURAS DE PELE

Queimaduras de pele podem ser acidentes com queimadas

A chegada do mês de agosto, marca no Tocantins, o início do período de estiagem crítica e muitas queimadas




Faço parte da equipe de cirurgiões plásticos do Hospital Geral de Palmas (HGP), e como cirurgião plástico, alerto para cuidados redobrados, pois queimaduras de pele também são provenientes de acidentes com queimadas, por isso a nossa preocupação.

Apesar da cirurgia plástica reparadora no atendimento aos queimados ser importantíssima e fundamental, como médico, sou entusiasta em primeiro lugar, da prevenção, e da vida saudável sem danos e dores. Esclareço que para devolver qualidade de vida às vítimas de queimaduras, o tratamento é longo, doloroso e delicado.

Para não haver aumento do número de pacientes queimados nesse período tão propenso, principalmente crianças e trabalhadores rurais oriento e peço que não tentem apagar qualquer tipo de incêndio. Recorram aos bombeiros, profissionais capazes e treinados para exercer esse tão importante trabalho.

Tipos de queimaduras

As queimaduras de pele em muitos casos podem parecer apenas ferimentos superficiais, mas não são, e devem ser tratados com urgência e por médicos e cirurgiões plásticos. As queimaduras podem ser classificadas em 1°, 2º e 3º grau. As queimaduras de 1º grau são aquelas que atingem apenas as camadas superficiais da pele, apresentam vermelhidão, inchaço e dor local, não há formação de bolhas. São chamadas queimaduras de 2° grau aquelas que atingem camadas mais profundas da pele, apresentam bolhas, pele avermelhada e desprendimento de camadas da pele. Já as de 3° grau são as queimaduras que atingem todas as camadas da pele, podendo chegar aos ossos, apresentam pouca ou nenhuma dor, pele branca ou carbonizada.

As ocorrências mais graves podem ocasionar queimaduras de terceiros grau, levando a perda de membros ou músculos. O que incapacita o ser humano e/ou deixa cicatrizes complicadas.

Vale ressaltar que queimadura também é toda lesão causada por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos que agem no tecido de revestimento do corpo, destruindo parcial ou totalmente a pele, podendo atingir tecidos mais profundos, como o subcutâneo, o músculo, o tendão e o osso.

Cirurgia plástica reparadora

O atendimento de uma pessoa queimada por um cirurgião plástico pode ser feito na fase aguda ou na tardia. Na fase aguda, o cirurgião realiza cuidados locais com medicamentos eficazes que penetram nos tecidos e matam bactérias em crescimento, tudo isso buscando minimizar o dano aos tecidos e deixando mais superficial a queimadura.

Evitar acidentes

Alguns cuidados que podem ser tomados para evitar queimadura, não limpe terrenos com uso do fogo, deixe materiais inflamáveis longe de churrasqueiras, fogão, jamais deixe crianças brincarem com fogo, nem próximas às fogueiras em acampamentos ou em limpeza de terrenos.  

20/07/16 10:11 | Atualizado em: 21/07/16 09:12

Estética

Orelha rasgada tem solução

Sem preocupações! O problema da orelha rasgada tem solução!






Mulheres vaidosas fiquem calmas, existe uma alternativa para resolver o problema do furo na orelha que foi se alargando ao longo dos anos. Brincos grandes e muitas vezes pesados são os vilões, e na maioria das vezes os principais causadores desse transtorno.

A cirurgia plástica é a vedete para solucionar o problema da orelha rasgada. O procedimento tem sido cada vez mais procurada devido à péssima combinação brincos super pesados piercings e maior flacidez em algumas pacientes.

Existem técnicas variadas de procedimentos que são específicas para cada caso, mas todas elas visam o mesmo resultado fechar os rasgões e furos na orelha, além é claro de proporcionar cicatrizes discretas com força para suportar novos brincos. Afinal toda mulher gosta de estar bonita e produzida usando belos acessórios e o brinco vem em primeiro lugar na preferência da mulherada.

Quem nunca ouviu uma mulher dizer, “sem os brincos me sinto pelada, nua”, risos, ou já ouvi muito, conheço mulheres que mesmo atrasadas para um compromisso, são capazes de voltar em casa quando se esquecem de colocar o brinco, isso porque a vaidade faz parte do mundo feminino. Elas querem estar impecáveis!

É importante esclarecer que no caso da cirurgia plástica da orelha rasgada é utilizada a anestesia local, e a paciente não terá qualquer tipo de dor durante o procedimento. E como sempre defendo, é fundamental que todos os princípios de segurança em cirurgia plástica sejam respeitados.

A recuperação é rápida e o inchaço é raro no pós-operatório. A paciente pode voltar ao trabalho no dia seguinte e as atividades físicas também são liberadas 24 horas após o procedimento. Os pontos são retirados em torno de 10 dias.

O uso do brinco de pressão é liberado logo que retirar os pontos. A paciente pode voltar a furar a orelha entre 45 e 60 dias, o que varia de um paciente para o outro. É importante não fazer o novo furo exatamente em cima da cicatriz.

Até breve!

12/07/16 18:49 | Atualizado em: 12/07/16 18:39

LIPOASPIRAÇÃO

Lipoaspiração um dos procedimentos mais requisitados no país

Depois de escolher o cirurgião é fundamental que o paciente faça uma avaliação médica para saber se não existe impedimento laboratorial para a




                    



Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), 40% dos pacientes que recorrem às cirurgias plásticas procuram pela lipoaspiração. Ao longo destes 30 anos houve uma evolução da técnica, por isso desde que realizado por profissionais sérios e competentes o procedimento é muito seguro e eficaz, quando o paciente faz a sua parte.

A procura por um corpo ideal leva o Brasil ao fantástico ranking de estar entre os países onde mais se realiza a lipoaspiração no mundo. Um fator importante a ser citado é que a lipo pode ser associada a outros procedimentos fazendo com que a procura seja ainda maior. Quando realizamos uma plástica de abdômen, quase sempre associamos a lipoaspiração. Ela complementa muitas outras cirurgias, trazendo resultados melhores e facilitando muitas vezes o resultado final.

Apesar de cada vez mais moderna, a procura excessiva pelo procedimento também pode ser danosa. Conscientizar as pessoas de que a lipoaspiração não emagrece tem sido um desafio. Ela apenas retira gordura localizada e o objetivo inicial da lipoaspiração é eliminar gordura e não emagrecer.

Para aqueles que pretendem recorrer à cirurgia, aconselho procurar um cirurgião plástico que pertença à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e também a levantar referências sobre o médico. Depois de escolher o cirurgião é fundamental que o paciente faça uma avaliação médica para saber se não existe impedimento laboratorial para a cirurgia e anestesia.

A lipoaspiração deve ser realizada em um centro cirúrgico com todos os recursos necessários. É preciso realizá-la com cuidado, sem retirar grandes volumes e prejudicar a saúde do paciente.

Recomendando a todos os meus pacientes que após se submeter à lipoaspiração, mantenha-se uma dieta equilibrada e faça tratamentos complementares importantíssimos como: drenagem linfática, endermoterapia, carboxiterapia e uso de radiofrequência quando necessário, a fim de preservar os resultados obtidos.

05/07/16 10:41 | Atualizado em: 05/07/16 10:15

Cirurgia plástica cuidados e respeito à vida

Seja prudente! Cirurgia Plástica só vale com segurança e respeito!


A realização do pré-operatório, de exames padrões, somada à escolha de um cirurgião plástico habilitado e responsável são as maiores seguranças do paciente.

Vale também o paciente ficar bem atento a alguns fatores que são indicativos de futuros problemas: Desconfie de preços baixos e promoções absurdas, de médicos que concordam com todas as suas expectativas de mudança na pós-cirurgia.

Cirurgião ético e responsável é aquele que expõem a verdade, leva em consideração as pré- disposições biológicas de cada paciente, fala a verdade, e que não promete o impossível.
]
O velho ditado “a pressa é inimiga da perfeição” vale muito quando o assunto é cirurgia plástica, pois o caminho, desde a decisão de fazer, a escolha do profissional, até o ato do procedimento em si, a calma, a ponderação, a avaliação são fatores essenciais no respeito à vida!


Seja prudente! Cirurgia Plástica só vale com segurança e respeito! 


  


27/06/16 10:09 | Atualizado em: 27/06/16 10:09

MARCAS DE EXPRESSÃO

Noivas sem marcas de expressão

Aplicação de botox é uma boa opção, pois melhora as linhas finas e as rugas de expressão


                           




Noivas, mães dos noivos e madrinhas podem sim fazer procedimentos como botox e preenchimento antes do casamento, só devem ficar atentas ao prazo para o bom resultado, como cirurgião plástico e obedecendo todas as orientações, protocolos e risco de segurança, indico fazer no máximo um mês antes do casamento.



Fazer esses procedimentos além de importante pode ser essenciais, isso porque com o estresse dos preparativos, principalmente a noiva e as mães, tendem a ficar com as expressões do rosto um pouco comprometidas com o desenrolar dos acontecimentos até o grande dia.



A verdade é que ninguém quer ir para o álbum de casamento, principalmente as mulheres, aparentando cansaço, ou com uma ruguinha a mais por conta da correria. Para deixar tudo realmente perfeito no dia do casamento, um botox ou preenchimento, pode fazer a diferença na beleza do álbum, que é a maior documentação desse dia dos sonhos.



Sem marcas de expressão



Aplicação de botox é uma boa opção, pois melhora as linhas finas e as rugas de expressão, arqueando as sobrancelhas e conferindo à face um semblante mais descansado. A toxina botulínica é usada para reeducar a musculatura e esculpir a expressão, é ela que dá mais leveza ao olhar e à área entre os olhos. Mas vale lembrar que a toxina leva de três a sete dias para iniciar o efeito, quinze para a visualização completa e trinta para resultado final esperado. Ou seja, na época do casamento a paciente estará com o resultado ideal e o olhar desejado.



Face remodelada



O preenchimento também é outra alternativa, para as noivas, mães e madrinhas que queiram modelar o rosto e eliminar os vincos ou rugas, ele é feito à base de ácido hialurônico, que combatem os sulcos acima da boca, o famoso "bigode chinês", O preenchimento ajuda a dar volume aos lábios, é um bom investimento, pois proporciona efeito imediato. Porém, o risco de provocar pontos arroxeados é maior que a aplicação do batox, por isso a orientação é optar pelo procedimento um mês antes do evento, como garantia.



Só lembrando, esses procedimentos devem ser realizados por Cirurgiões Plásticos em locais seguros e confortáveis. Não se arrisque!